BLOG DA SEMANA 04-10/09/2016, sobre Patriarcas e Profetas, cap. 51-52

Nesta época onde o fosso cada vez maior entre os que têm e os que não têm aumenta cada vez mais, o método de Deus para a contenção do enriquecimento e da pobreza excessiva é uma bênção de se ler. Ah, se apenas ele pudesse ser aplicado hoje! A cada terceiro, sétimo e quinquagésimo ano, as desigualdades em vigor devido às imperfeições humanas eram zeradas. Campos e vinhas eram deixados a produzir sem serem colhidos. Deus prometera que no ano anterior o campo produziria o suficiente para que os filhos de Israel pudessem viver por dois anos sem fazer nada.

A cada 50 anos, ocorria o ano do Jubileu que começava com o Dia da Expiação. Terras eram devolvidas àqueles que as perderam devido aos tempos difíceis. Era como se o botão de reinicializar a economia fosse pressionado e a extrema riqueza e a extrema pobreza fossem anuladas. Isto ensinava o povo de Deus que este mundo não era deles, não era o seu lar definitivo. Devemos tratar com benevolência aqueles que têm muito menos recursos e colocar as riquezas que acumulamos no desenvolvimento da causa de Deus. É através da atenção compassiva para com os pobres que nos tornamos realmente ricos.

Enquanto que certos anos foram destacados para uma atenção especial aos pobres, as festas anuais chamavam a atenção ao longo do ano para Deus e Sua obra de salvação. Os festivais levavam ao menos a duas coisas:

1. Evitavam que o povo de Deus se envolvesse com festivais pagãos e mantinham a lealdade deles ao verdadeiro Deus.

2. Serviam como um lembrete de que o dom da salvação tem dimensões sociais e não era apenas uma experiência individual.

Kevin James
Southern Union Conference, EUA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s