BLOG DA SEMANA 23/09/2017, sobre Profetas e Reis, cap. 43

Belsazar era indiferente para com os pobres, arrogante, nacionalista e amantes de festas. O seu uso profano e sacrílego dos vasos do templo sagrado foi, no entanto, a última gota para um Deus santo. O terror de Belsazar ao ser condenado na sala de julgamento do Deus do Universo é um microcosmo dos gritos de pânico e medo dos ímpios por ocasião da vinda de Jesus em poder e majestade.

Assim como aqueles que se perderão na vinda de Cristo terão ignorado muitas oportunidades de se tornarem seguidores de Jesus, do mesmo modo Belsazar foi exposto ao conhecimento de Deus. Mas ele ignorou as mensagens dos profetas e continuou com seu estilo de vida despreocupado e centrado em si mesmo.

Cada indivíduo e cada nação tem a oportunidade de fazer uma escolha quanto a cumprir ou não os propósitos do Santo Deus. Cada pessoa é testada, e tragicamente, a maioria falha. Em nossos dias, os eventos políticos que nos rodeiam devem nos ajudar a reconhecer que algo fantástico e decisivo está para acontecer. Agora mesmo, estamos decidindo o nosso destino.

Será que, como Belsazar, continuaremos vivendo uma vida egocêntrica? Ou seremos, como Daniel, fiéis a Deus “ainda que caiam os céus”?

Cindy Tutsch
Diretora associada (aposentada)
Depositários de Ellen G. White

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=1556

Equipe de tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s