Comentário sobre O Desejado de Todas as Nações, cap. 21

Eu era professora em uma escola particular em Sumatra antes de deixar meu trabalho para me tornar uma missionária da saúde. E enquanto lia essa história do homem no tanque de betesda, lembrei-me da razão pela qual deixei a segurança do meu emprego a fim de buscar treinamento para servir a Cristo.

Em nossa história, o “Salvador viu um caso de extrema miséria”. Aquele homem esteve doente por quase o dobro do tempo de vida que eu tenho! Sentir-se culpado por tanto tempo (já que a sua doença era por sua própria culpa) deve ter sido terrível! Sozinho e sem amigos, sentindo-se excluído da misericórdia de Deus, o sofredor passara longos anos de miséria. (O Desejado de Todas as Nações, 133)

Nutrir dúvida acerca do amor de Deus nos traz trevas, como aconteceu com aquele homem. Eu me lembro quando por uma decisão errada de minha parte, eu trouxe trevas sobre mim mesmo. Eu estava fazendo o meu trabalho e fui obrigado a trabalhar no sábado, apenas por uma hora, e eu aceitei trabalhar no Sábado. Já se passaram dois anos daquele acontecimento e prometi a Deus e a mim mesmo que nunca mais permitiria trevas me cercarem daquele modo novamente. Ao seguir a Cristo, não quero estar cercado por nenhuma dúvida.

A maior alegria é sentir a bondade de Deus. O homem paralítico sentiu isso ao ser curado. Eu senti o mesmo quando me afastei do pecado. “Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nele, e ele agirá” (Salmos 37:5 NVI).

Maulina Ruth Elisawati, Sumatra, Indonésia

(Estudante no Programa de Treinamento Médico Missionário do Ministério Aenon, Malásia)

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=12835
Tradução: Jobson Santos, Jeferson Quimelli e Gisele Quimelli

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s