Comentário sobre O Desejado de Todas as Nações, cap. 40-41

Intimamente familiarizado com a dor, Jesus se entristecia profundamente quando Seu amor, misericórdia e compaixão eram desvalorizados e rejeitados.

Demasiadas vezes, nós calculamos mal a profundidade da dor que Jesus experimentou como resultado dos corações frios da humanidade. Exaltando a Sua divindade, negligenciamos as emoções que Jesus experimentou. Ao fazer isso, negamos o Seu ministério da presença, impedindo-O de ser um conselheiro confortador em nossas próprias provações.

Subvalorizando as emoções de Cristo, e muitas vezes rejeitando as nossas próprias emoções, nos tornamos nada mais do que robôs intelectuais, impulsionados pelo assentimento mental à doutrina. A crença teórica em Deus nada faz para nos ajudar a resistir às provações dolorosas que atravessam a nossa vida com ventos destrutivos com força de furacão. Precisamos experimentar o conforto de Cristo, um Deus com cicatrizes que sabe o que é sofrer.

Eu acho muito reconfortante saber que Jesus também tenha experimentado a dor das reações cruéis dos outros. Saber que foi doloroso para Ele quando outros o rejeitaram e abusaram me ajuda a saber como lidar melhor com minha própria dor quando me sinto esquecido e rejeitado. Saber que Ele sentiu emoções semelhantes me ajuda a sentir a Sua confortadora presença em meio às provações.

Quando estamos passando por dor agonizante, precisamos de intimidade e conforto, a presença de alguém que sofreu profundamente, mas nunca permitiu que a dor atrapalhasse Seu propósito. Ele também nunca abriu mão da Sua identidade devido à dor. Precisamos de um modelo sobre como enfrentar o sofrimento, necessitamos de um padrão sobre como lidar com a dor.

Encontramos tudo isso em Emanuel – Deus conosco!

Lori Engel
Capelã (atualmente aposentada)
Eugene, Oregon, EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=12980   
Tradução: Jobson Santos, Jeferson Quimelli e Gisele Quimelli

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s