Comentário sobre O Desejado de Todas as Nações, cap. 54-55

“Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.” João 8:36

A liberdade é contra intuitiva. O mundo ensina que a liberdade pertence em grande parte aos ricos e privilegiados. Os pobres têm poucos direitos e aparentemente não são tão livres. Jesus ensina que a liberdade é um estado mental disponível a todos por meio da fé Nele, independentemente das circunstâncias externas.

Um advogado pergunta sobre seu dever para com a humanidade e Jesus responde com uma parábola destinada a fazer o advogado decidir por si mesmo. Na parábola do bom samaritano, o orgulho impediu o sacerdote e o levita de ajudar o viajante ferido. Temendo a contaminação religiosa ou o comprometimento da reputação, passaram de largo por um filho de Deus ferido. Eles foram aprisionados pelo orgulho.

O samaritano não tinha tais pretensões nem uma reputação a proteger. Ele estava livre para ajudar qualquer pessoa necessitada sem se preocupar com sua própria contaminação. A ajuda prestada por ele não envergonhou o viajante ferido nem deixou o pobre homem sobrecarregado com a obrigação de retribuir a generosidade de seu resgatador. O samaritano foi o único que viu uma alma em necessidade como seu vizinho e fez o que pôde.

Eu acredito que é por isso que Jesus veio como o servo de todos. Filipenses 2:7 diz: “Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;”. Jesus veio livremente para arriscar tudo a fim de nos resgatar do pecado. Ele faz isso sem nos envergonhar, conhecendo nossa completa indignidade e nossa total incapacidade de retribuir a Deus.

Karen Lifshay
Corista
Igreja Adventista do Sétimo Dia de Hermiston, Oregon

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/sop/da/54-55
Tradução: Jobson Santos, Jeferson Quimelli e Gisele Quimelli

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s