COMENTÁRIO sobre O Desejado de Todas as Nações, cap. 75-76

É sempre muito difícil acalmar as emoções e refrear a língua quando injustamente provocado e acusado. O desejo de responder, de provar que os atacantes estão redondamente errados, de apontar os defeitos dos acusadores, é quase demais para os corações humanos resistirem. Os corações de vítimas inocentes, injustamente insultadas e abusadas, clama por justiça.

Imagine como nosso Salvador deve ter se sentido durante a zombaria revoltante de seu julgamento. Cercado por seres ingratos, satanicamente controlados, que Ele havia criado e por quem estava dando a vida, Cristo foi tentado a exibir a Sua divindade. Jamais entenderemos a força da tentação ou a determinação exigida de Sua parte a fim de restringir o Seu poder em resposta ao esmagador abuso físico e emocional.

Muitos homens e mulheres sofreram imenso abuso e isto deixou seus corações profundamente feridos. Essas cicatrizes continuam a produzir seus efeitos secundários diariamente em residências, escolas e locais de trabalho, bem como na igreja. Uma das maiores lutas com que os que foram abusados tem de lidar é como responder aos seus agressores. Às vezes, a tentação de devolver na mesma moeda é quase insuportável. A vítima pode se tornar uma agressora devido às excruciantes dores e um sistema nervoso abalado, repleto de cortisol induzido pelo estresse.

No entanto, em Sua provação, Cristo demonstra que não importa quão indelicadamente somos tratados, Deus sempre nos capacita com a Sua graça.

Lori Engel
Capelã (atualmente com deficiência)
Eugene, Oregon EUA

Para ler os capítulos acesse:
http://ellenwhite.cpb.com.br/livro/index/4/698/715/perante-anas-e-o-tribunal-de-caifas
http://ellenwhite.cpb.com.br/livro/index/4/716/722/judas

Texto original:
https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/sop/da/75-76   
Tradução: Jobson Santos, Jeferson Quimelli e Gisele Quimelli

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s